Santander libera linha de crédito para financiamento de projetos em energia solar

4 de dezembro de 2018

Santander libera linha de crédito para financiamento de projetos em energia solar

O Banco Santander anunciou no último mês que disponibilizará uma linha de crédito para financiar equipamentos de energia solar. A proposta do projeto é estimular o crescimento da tecnologia no Brasil, para que assim o país possa contar com diversos planos de energia renovável nos próximos anos.

Segundo dirigentes do banco serão disponibilizados cerca de R$ 1,8 bilhão de em créditos para a geração de energia solar fotovoltaica até o ano de 2021. O investimento representa um crescimento de 11% para 16%. O número é diretamente ligado a participação da organização no total de unidades geradoras de energia solar instaladas no Brasil pelo período dos próximos 3 anos.

O banco oferece a linha de crédito diretamente nas agências, para pessoas físicas, jurídicas e também produtores rurais. Segundo Geraldo Rodrigues Neto, Executivo de Segmentos do Santander Brasil, a energia renovável foi incluída na prateleira de ofertas disponíveis a todos.

As taxas para o financiamento vão de 0,99% a 1,08%, o número final vai depender da quantidade de parcelas acordadas. Para os produtores rurais, a taxa muda, e pode chegar a 1,12% no financiamento de acordo com o ano safra.

Geraldo explica que a meta de crescimento é ambiciosa, porque o Brasil é um mercado exponencial. Ainda segundo ele, o Santander acredita que com adequações há a possibilidade da contribuição para que haja crescimento nos números de instalações e assim, mais pessoas possam produzir a própria energia.

O Santander também buscou parcerias para o investimento, e junto à Corporação Andina de Fomento (CAF), banco de desenvolvimento da América Latina conseguiu US$ 100 milhões para financiamento de equipamentos. Essa estratégia demonstrou o interesse do banco em buscar parcerias externas para fomentar linhas de crédito.

Peça já seu orçamento


Call Now ButtonLigar agora