Pequenas instalações movimentam o mercado de energia solar fotovoltaica

4 de dezembro de 2018

Pequenas instalações movimentam o mercado de energia solar fotovoltaica

O crescimento de pequenas instalações de energia solar tem movimentado o setor no Brasil. Desde o último ano a expectativa de um aumento grande de crescimento na área despertou o interesse de grandes investidores em energia solar pelo mundo.

Companhias elétricas internacionais já anunciaram ou ampliaram os investimentos no setor, é o caso da italiana Enel, da norte-americana AES e da francesa Engie.

Os investimentos em energia solar fotovoltaica tiveram um grande ápice quando os valores na energia elétrica passaram a ter diversos reajustes, em 2015 este aumento chegou a 50%, o que tornou a tecnologia solar em um grande atrativo.

Outro fator que contribui para o diferencial da energia solar é a facilidade na instalação, com a diminuição nas burocracias e aumento de linhas de créditos próprias para equipamento de energia solar.

O Greenpeace revelou um estudo que mostra que a tecnologia conta com potencial para sair do zero e alcançar cerca de 29,6 mil megawatts de potência instalada até o ano de 2030. O estudo mostra estes dados são baseados na manutenção do cenário atual, e que significa um expressivo número de 6 milhões de instalações. Até o momento não há nenhum impedimento técnico para o crescimento.

A expansão pode ser maior ainda e chegar a até 41,4 mil megawatts, o que significaria uma presença maior na matriz brasileira, que hoje possui cerca de 142,6 mil megawatts instalados. Esse valor poderia aumentar com incentivos a tecnologia, como a liberação do FGTS para compra das placas solares fotovoltaicas.

Peça já seu orçamento


Call Now ButtonLigar agora